VENDA NOVA E ESTIVADORES VENCEM CARNAVAL

VENDA NOVA E ESTIVADORES VENCEM CARNAVAL Edson Pereira

Confira as campeãs do carnaval de passarela de Belo Horizonte

 Com informações da PBH 
 

Com o enredo 'África, Mãe Ancestral dos Impérios Gloriosos', a Escola de Samba Acadêmicos de Venda Nova levantou as arquibancadas da avenida Afonso Pena na última terça-feira (21) e se consagrou como a grande campeã dos Desfiles das Escolas de Samba do Carnaval de Belo Horizonte de 2023 com 179,2 pontos. Oriunda do bairro São João Batista, e com mais de 15 anos de tradição momesca, a escola levou o prêmio de R$ 90 mil, além do Troféu Mandruvá. O resultado foi divulgado na noite desta quinta-feira (23), em evento realizado no Mercado da Lagoinha. 

A vice-campeã foi a Escola de Samba Estrela do Vale que  alcançou 178,9 pontos. A agremiação do bairro Vale do Jatobá levou o prêmio de R$50 mil com a segunda colocação. Sua apresentação homenageou a região do Barreiro. O terceiro lugar ficou com a Escola de Samba Canto da Alvorada, com a apresentação ‘A Saga da Cultura nos 50 Anos de História Dessa Casa Que É do Povo Sempre Regada de Memória’ e ganhou R$25 mil.  

“Neste carnaval histórico, o carnaval da retomada, podemos mostrar nosso trabalho e nos sagrar campeões. Agora é comemorar em Venda Nova”, comenta Francisco José Gonçalo, presidente da agremiação vencedora.  

As Escolas de Samba foram avaliadas em nove quesitos técnicos, sendo: Bateria, Samba Enredo, Conjunto, Enredo, Alegorias e Adereços, Fantasias, Comissão de Frente, Mestre-Sala e Porta-Bandeira e Harmonia.  A Escola de Samba Imperatriz de Venda Nova que desfilou pelo Grupo de Acesso foi classificada e desfilará pelo Grupo Especial em 2024.   

“Primeiramente, quero parabenizar os campeões, a Escola de Samba Acadêmicos de Venda Nova e o Bloco Caricato Estivadores do Havaí. Foi realmente impressionante a qualidade apresentada por todas as agremiações nos desfiles na avenida Afonso Pena, eles também fizeram Belo Horizonte mais feliz. Mostramos que o carnaval de passarela da nossa cidade está no caminho para se tornar cada vez mais relevante. Continuaremos apoiando esses atores para que essa importante manifestação cultural siga sendo um dos pilares da nossa festa”, comenta Gilberto Castro, presidente da Belotur.  

Em 2023, a subvenção das Escolas de Samba de Belo Horizonte aumentou. Os recursos para o Grupo Especial passaram para R$ 230 mil e para o Grupo de Apresentação subiram para R$ 69 mil, um aumento de 15% em relação à última edição. Antes as quantias eram, respectivamente, R$ 200 mil e R$ 60 mil.   O valor disponível para o Grupo de Acesso é de R$ 138 mil. O investimento total para 2023 foi de R$ 2.116.000,00. Na edição anterior, a quantia dedicada para o apoio às agremiações foi R$ 1.720.000,00.  

Blocos Caricatos  

O Bloco Caricato Estivadores do Havaí, com mais de 60 anos de tradição, levou à passarela da avenida Afonso Pena a apresentação ‘Uma Noite No Museu’, e foi a grande vencedora do Desfile dos Blocos Caricatos, faturando o prêmio de R$30 mil. O vice-campeão foi o Bloco Bacharéis do Samba, do bairro São Pedro e adjacências, que levou o prêmio de R$ 20 mil com a apresentação 'O Mágico de Oz'. O pódio foi completado pelo Bloco Caricato Unidos da Zona Norte, que homenageou o pintor e cenografista mineiro Décio Noviello, e conquistou o terceiro lugar, ganhando o prêmio de R$ 10 mil. Os Blocos Caricatos foram avaliados em cinco quesitos técnicos: Bateria; Temática; Fantasia; Alegorias e Adereços; Samba e/ou Marcha Tema. O Bloco Caricato Mulatos do Samba será um novo integrante do Grupo Especial nos desfiles de 2024.  

“Nós, do Bloco Estivadores do Havaí, estamos muito felizes com este título, o nosso bicampeonato. Este foi um ano atípico, com muitas dificuldades, na preparação e no próprio desfile. Mas foi uma linda apresentação. Levamos um Cavalo de Tróia de 5 metros de altura na avenida e representamos o Templo Romano no nosso caminhão. Foi muito merecido. Agora é festejar”, afirma o presidente da agremiação, Juólison Mangabeira.  

Em 2023, a subvenção das agremiações subiu. A do Grupo A aumentou 18% e passou de R$ 50 mil para R$ 59 mil. Já a do Grupo B teve um acréscimo de 20%, subindo de R$ 35 mil para R$ 42 mil. O investimento total para este ano foi de R$ 480 mil.  

DESTAQUES

A apuração do resultado teve pela primeira vez na história transmissão ao vivo pelo site do g1 Minas, com apresentação de Larissa Bernardes e comentários de Gislaine Gonçalves e Zu Moreira.

A nota triste foi a briga generalizada entre integrantes das escolas de samba Canto da Alvorada e Imperatriz de Venda Nova. Ambas divulgaram nota lamentando a confusão e prometendo tomar medidas judiciais.

Premiações 

Escolas de Samba 

1° Escola de Samba Acadêmicos de Venda Nova - R$ 90 mil

2° Escola de Samba Estrela do Vale - R$ 50 mil

3° Escola de Samba Canto do Alvorada - R$ 25 mil 

Blocos Caricatos

1° Bloco Caricato Estivadores do Havaí - R$ 30 mil

2° Bloco Caricato Bacharéis do Samba - R$ 20 mil 

3° Bloco Caricato  Unidos da Zona Norte - R$ 10 mil

Visto 1176 vezes Última modificação em Quarta, 08 Março 2023 17:10
Redação

A equipe Almanaque é composta por: Jornalistas, compositores e pesquisadores do Samba de Minas Gerais

Website.: almanaquedosamba.com.br

Sambistas Online

Temos 63 visitantes e Nenhum membro online

Onde sambar

CARICATURA DO MÊS


Bezerra da Silva

Samba no mapa